Rosa Luxemburgo e a Autogestão Social
×
Rosa Luxemburgo e a Autogestão Social
Rosa Luxemburgo e a Autogestão Social
De: R$ 35,00
Por: R$ 25,00
5× de R$ 5,46
vezesparcelatotal
sem jurosR$ 25,00R$ 25,00
R$ 13,06R$ 26,12
R$ 8,84R$ 26,52
R$ 6,72R$ 26,88
R$ 5,46R$ 27,30
Você poderá escolher o número de parcelas ao concluir a compra.

* Isto é uma simulação, verifique o valor final das parcelas no intermediador de pagamentos.

vezesparcelatotal
sem jurosR$ 25,00R$ 25,00
Você poderá escolher o número de parcelas ao concluir a compra.

* Isto é uma simulação, verifique o valor final das parcelas no intermediador de pagamentos.

(indisponível)
Avise-me quando chegar:
Autor: Nildo Viana.
Título: Rosa Luxemburgo e a Autogestão Social. Edição: 2ª
Editora: Rizoma
Ano de publicação: 2017.
ISBN: 978-85-93917-04-2

Rosa Luxemburgo foi um dos nomes mais importantes da história do marxismo. Sua importância pode ser percebida por vários elementos em sua obra, entre os quais destacaríamos a crítica à socialdemocracia e ao bolchevismo, bem como sua contribuição para se pensar a espontaneidade revolucionária e a greve de massas, entre outros aspectos. A sua obra acabou se tornando uma referência no interior do pensamento marxista e todos aqueles que buscaram uma alternativa ao bolchevismo numa perspectiva revolucionária acabaram se encontrando com sua obra. Assim, nada mais justificado do que repensar a contribuição de Rosa Luxemburgo ao marxismo e ao movimento operário. O nosso objetivo no presente texto é abordar a obra de Rosa Luxemburgo e relacioná-la com a teoria da autogestão social, o que nos faz discutir algumas de suas teses básicas que são importantes nesta relação.