Educação, Violência e Contradições
×
Educação, Violência e Contradições
Educação, Violência e Contradições
De: R$ 28,00
Por: R$ 25,00
5× de R$ 5,46
vezesparcelatotal
sem jurosR$ 25,00R$ 25,00
R$ 13,06R$ 26,12
R$ 8,84R$ 26,52
R$ 6,72R$ 26,88
R$ 5,46R$ 27,30
Você poderá escolher o número de parcelas ao concluir a compra.

* Isto é uma simulação, verifique o valor final das parcelas no intermediador de pagamentos.

vezesparcelatotal
sem jurosR$ 25,00R$ 25,00
Você poderá escolher o número de parcelas ao concluir a compra.

* Isto é uma simulação, verifique o valor final das parcelas no intermediador de pagamentos.

(indisponível)
Avise-me quando chegar:
Autores: Diego dos Anjos, Maria Angélica Peixoto, Nildo Viana (orgs.).
Editora: Rizoma
Ano da edição: 2019

A educação pode ser interpretada como o processo no qual os seres humanos realizam livremente sua autoformação e assim se tornam livres e senhores do seu destino. Essa seria uma concepção idealizada de educação, que suporia que ela não tivesse contradições e realizasse todas as suas promessas discursivas. Não é isso que ocorre nas sociedades divididas em classes sociais, que acaba pervertendo o significado da educação. Na sociedade capitalista, a educação escolar acaba tendo uma função que é antagônica ao processo de autoformação e autorrealização humana. Ela se torna alienada, caracterizada pelo exercício da violência, pela disputa interna (luta de classes, disputa partidária), palco de análises e concepções ao seu respeito, etc. A educação escolar visa formar indivíduos adaptados para a reprodução da sociedade capitalista e por isso se dedica à formação da força de trabalho e legitimação dessa sociedade. A presente coletânea trata dessas questões e realiza uma análise crítica de diversos aspectos da educação escolar visando contribuir com sua compreensão mais profunda e distante das concepções apologéticas e naturalizantes das instituições escolares.